Compra de sementes: fatores importantes que influenciam

Compra de sementes: o que levar em consideração na hora de tomar essa importante decisão?

Você já teve problemas com a germinação da semente na sua lavoura? Já se deparou com uma área com germinação desuniforme ou ainda plântulas que demoraram para se estabelecer?

Pois se sua resposta foi sim, ou se você tem dúvidas sobre este assunto, o texto de hoje é para você! Vamos entender melhor quais fatores influenciam na compra de sementes e que você não deve ignorar.

O primeiro ponto que você precisa considerar é a origem e a rastreabilidade da semente.

Origem e rastreabilidade da semente

Este é o primeiro fator que você deve considerar, pois ao comprar sementes certificadas você tem a garantia que aquele material foi produzido de acordo com o processo de certificação de sementes.

Comprando semente certificada você terá a garantia da origem genética da semente, e que foram cumpridas todas as exigências durante a produção.

Não compre sementes piratas, pois você não terá nenhuma garantia da qualidade física, fisiológica e sanitária das sementes, comprometendo sua lavoura.

As sementes certificadas possuem na embalagem um selo de certificação.

Esse selo garante que a semente que você comprou passou pelo processo de certificação, que inclui ter um responsável técnico no campo de produção, sendo este inscrito no MAPA.

Comprando sementes certificadas a qualidade e segurança estão garantidos, pois com certeza essa semente foi produzida de acordo com o Guia de Inspeção de Campos para Produção de Sementes e com a Regra de Análise de Sementes (RAS).

Os laboratórios credenciados no MAPA emitem um documento chamado Boletim de Análise de Sementes.

Do Boletim de Análise de Sementes tem-se o documento oficial dos lotes que pode ser emitido pelo Certificador de Sementes, ou pelo Responsável Técnico da produção destas sementes.

Certifique-se que o vendedor lhe entregue:

  • nota fiscal com o número do RENASEM (Registro Nacional de Sementes e Mudas) do comerciante;
  • nome de registro da semente;
  • número do lote;
  • embalagem;
  • volume da venda;
  • documentos que comprovem a qualidade: certificado de sementes ou o termo de sementes.

Agora que você já sabe que a origem da semente é muito importante, chegou a hora de avaliar o preço e os serviços oferecidos pelo fornecedor.

Preço x qualidade da semente

É difícil não levar em consideração apenas o preço da semente na hora da compra, mas junto com ele você deve considerar o vigor da semente, o grau de pureza, a sanidade dos grãos, a germinação e a viabilidade da semente.

Sementes com maior vigor vão germinar mais rápido e uniformemente. Isso ajuda a estabelecer o estande mais rápido.

O grau de pureza (%) reflete a quantidade de impurezas presentes naquele lote. Quanto mais alto esse valor menor será a quantidade de palhas, sementes de plantas daninhas, folhas e sementes de outras culturas ou de outras cultivares.

Fonte: Samuel Branco Back.

A sanidade da semente está relacionada à presença de fungos, insetos, bactérias e vírus nas sementes. Por isso é importante a compra de semente certificada, pois durante o processo de certificação essas sementes passaram por inspeções. Além disso, lembre da importância do tratamento de sementes.

A porcentagem de germinação do lote nos mostra quantas sementes vão germinar em condições ambientais adequadas. Aliada a viabilidade (sementes vivas que vão germinar) o valor indica como será a germinação no campo.

Teste de germinação de sementes em substrato de papel (A). Sementes submetidas ao teste de tetrazólio (B). Teste de sanidade de sementes conduzido pelo método do papel filtro (“blotter test”). Fonte: Carli et al. (2017).

Avalie também sementes avariadas, rachadas e manchadas, ataques de pragas e doenças, danos mecânicos e decorrentes de condições climáticas. Isso inclui verificar como essas sementes foram armazenadas, pois todos estes fatores podem prejudicar a germinação e vigor da semente.

Se quiser você pode fazer o teste de germinação na sua propriedade, com 100 sementes, em bandejas de areia. Ou ainda, você pode mandar para um laboratório especializado.

Formação de linha com sementes com baixa qualidade. Fonte: Embrapa Soja.

Além destes aspectos, com certeza você irá avaliar qual a tecnologia que você estará investindo. Para saber quanto investir, é ideal entender a sobre a fertilidade do solo na sua propriedade.

Fertilidade do solo

O primeiro passo antes de semear qualquer cultura é a análise de solo, com ela você saberá as propriedades físicas e químicas da sua área.

Lembra que acima falei que a germinação refere-se a quantas sementes vão germinar em condições ambientais adequadas? Além de condições ótimas de água disponível no solo, um solo fértil irá proporcionar os nutrientes que a cultura precisa para o seu desenvolvimento.

Portanto, para um investimento adequado das sementes é necessário saber o processo de adubação e nível de fertilidade do solo, pois isso pode afetar o desenvolvimento das variedades e híbridos.

Além disso, não adianta investir alto na semente, se você não der as condições ideais para ela germinar e não fornecer os nutrientes necessários para a cultura.

Portanto, o nível de tecnologia e investimento deve ser considerado de acordo com a fertilidade do solo.

Agora o próximo passo é decidir se você irá comprar a semente tratada ou se fará o processo na sua propriedade. Independente do que escolher, lembre-se que este é um passo fundamental para proteger o seu investimento.

Tratamento de sementes

O tratamento de sementes vai ajudar a proteger contra ataque de pragas e/ou doenças do solo, sendo feito com inseticidas ou fungicidas.

Pode ser realizado na propriedade tomando o cuidado de ser realizado da forma correta para não afetar o vigor e a germinação das sementes.

Você também pode adquirir a semente com tratamento industrial, ficando um item a menos para se preocupar.

Revista Agrocampo.

Serviço oferecido pelo fornecedor

Aqui é importante a pesquisa pelos fornecedores, seus preços e serviços oferecidos.

Avalie o preço, a qualidade da semente, a agilidade de atendimento e suporte técnico.

Transporte e armazenamento de sementes

O transporte inadequado das sementes pode comprometer a sua qualidade.

Certifique-se que durante o transporte não haja problemas com temperatura e umidade altas, pois são fatores que podem afetar a qualidade da semente.

É interessante conhecer o local de armazenamento dessa semente, a capacidade do armazém e as condições de umidade e temperatura. O ambiente deve ser seco e arejado.

Observe também se é realizado o controle das pragas de armazenamento, seja ele por meio do método físico (manejo da umidade relativa do ar e da temperatura) ou químico (inseticidas de forma curativa ou preventiva).

Conclusão

No texto de hoje vimos mais sobre a importância de avaliar alguns pontos na hora da compra das sementes.

Lembre-se que alguns fatores podem interferir neste processo e você precisa estar atento.

Sempre considere o preço e o serviço oferecido pelo fornecedor, a qualidade do produto entregue, a origem e rastreabilidade da semente, a reputação do fornecedor, como as sementes serão transportadas e armazenadas e se o lote possui o selo de certificação.

Gostou do texto? Tem mais dicas sobre compra de sementes? Adoraria ver o seu comentário abaixo!

Sobre a Autora: Ana Ligia Giraldeli. Engenheira Agrônoma formada na UFSCar. Mestra em Agricultura e Ambiente (UFSCar), Doutora em Fitotecnia (USP) e especialista em Agronegócios. Atualmente Professora da Colaboradora na UEL.

Clique no site da Conecta Sementes para saber mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *