Plantabilidade: Distribuição de sementes

Plantabilidade: saiba como a distribuição das sementes afeta o rendimento da cultura.

Muitos fatores interferem na produtividade da lavoura, como a disponibilidade de água nos momentos corretos, disponibilidade de nutrientes, pragas, doenças, plantas daninhas, entre outros.

Mas você sabia que a plantabilidade é um dos fatores que afetam muito a produtividade da sua lavoura?

No texto de hoje vamos entender mais sobre como a distribuição de sementes no campo afeta o desenvolvimento da cultura e quais os fatores que temos que prestar mais atenção para evitar erros na plantabilidade.

O que é plantabilidade?

Plantabilidade é a deposição de sementes pela máquina, sendo feita da forma correta.

A disposição das sementes é feita de forma longitudinal, ou seja, o espaçamento entrelinhas e entre as sementes é o mais homogêneo possível.

Uma boa distribuição longitudinal auxilia as plantas no melhor aproveitamento dos recursos.

A distribuição das sementes é fundamental para uma boa produtividade.

Dentre as principais perdas devido a distribuição errada das sementes no campo estão as falhas na linha de semeadura e plantas duplas.

O acúmulo de plantas pode causar:

  • indivíduos de maior porte;
  • menor número de ramificações;
  • menor produção individual;
  • menor diâmetro de haste;
  • problemas com enraizamento;
  • maior possibilidade de acamamento.

Já, as falhas de plantio:

  • facilitam a germinação, emergência e o estabelecimento de plantas daninhas;
  • plantas de porte reduzido.

Observe pela figura abaixo que a semeadura deve ser realizada com semeadoras de alta precisão, pois a distribuição das sementes deve ser realizada de maneira a permitir o estabelecimento de plantas bem espaçadas, sem aglomerações ou falhas na linha.

Esquerda: resultado de semeadura de soja bem feita, com sementes de alta qualidade e vigor: plântulas com emergência uniforme, bem espaçadas e sem falhas; Direita: resultado de semeadura mal feita, resultando em falhas e aglomerados de plântulas. Fonte: Embrapa Soja (2016).

 

 Quais são os fatores que podem afetar a plantabilidade?

Alguns fatores podem influenciar na plantabilidade como o uso de grafite, o tratamento de sementes, a velocidade de semeadura, a uniformidade da sementes, a escolha do disco, a biomassa de cobertura, o tubo condutor da semente, a regulagem e o equipamento dosador.

O uso de grafite, por exemplo, é necessário para reduzir o atrito e melhorar o escoamento da semente que passou pelo tratamento com fungicidas, inoculantes, inseticidas ou outros produtos.

Os produtos utilizados no tratamento de sementes podem alterar as características da superfície da semente. Isso faz com que aumente o atrito, o que acaba prejudicando a movimentação da semente dentro do depósito, nos discos e distribuidores.

Para reduzir o atrito, é usado lubrificante seco, como o grafite.

Mas lembre-se sempre de fazer a manutenção, pois o excesso de grafite pode formar crostas e obstruir orifícios dos discos.

Para a cultura da soja, por exemplo, é recomendado 5 gramas de grafite para cada 1 quilo de semente de soja.

Portanto, boa plantabilidade e uso de sementes de qualidade ajudam a garantir as altas produtividades da lavoura.

Fonte: Agrolink

 

Uso de sementes classificadas

O uso de sementes classificadas é muito importante na hora da escolha do disco correto.

Sementes classificadas têm uniformidade na suas dimensões. Variações no tamanho das sementes resultam em uma semeadura de má qualidade, falhas na semeadura e podem causar danos mecânicos nas sementes.

Para a escolha do disco mais adequado, primeiro faça o tratamento de sementes e atente-se ao encaixe correto entre o orifício e a semente, que permita a passagem, mas que não deixa duas ou mais sementes no mesmo orifício.

A distribuição de sementes por discos plásticos pode propiciar a ocorrência de menores índices de danos mecânicos à semente, em relação aos discos metálicos.

Caso você tenha uma semeadora com sistema pneumático, fica mais fácil escolher o disco, pois ele pode ser usado para uma variedade maior de tamanhos de semente de soja, além de aumentar a precisão de semeadura e reduzir os danos mecânicos.

Mesmo assim, não deixe de utilizar sementes com uniformidade e tamanho, por causa dos eliminadores de duplas.

Eliminadores de duplas (raspador de semente) podem ser prejudicados se for utilizado sementes com alta variação de tamanho.

Fonte: Blog Agronegócio em Foco

 

Como a velocidade de plantio afeta a plantabilidade?

A velocidade de plantio é diretamente proporcional à falhas de plantio e duplas de sementes. Portanto, quanto maior a velocidade de plantio, maiores as chances de falhas.

Por isso, é muito importante atentar-se à velocidade de plantio, pois isso reflete em queda de produtividade.

Além da velocidade de plantio, lembre-se sempre do equipamento dosador.

Há dosadores mecânicos com discos horizontais e os dosadores pneumáticos com discos rotativos verticais.

No caso dos dosadores pneumáticos com discos rotativos verticais, eles têm maior precisão na dosagem de sementes, já que é feita a vácuo.

Como a biomassa de cobertura afeta a distribuição de sementes?

Na hora do plantio precisamos considerar a cobertura vegetal sobre o solo e regular a máquina.

Assim, é preciso usar um disco de corte na frente do plantio.

O disco de corte vai proporcionar a adequada abertura do sulco para a deposição da semente.

É importante também, evitar condições em que a palha esteja murcha, pois isso dificulta com que ela seja cortada, além de causar embuchamento nos discos.

Como a distribuição de sementes ajuda no controle de plantas daninhas?

Quando proporcionamos à cultura a germinação e emergência sem a presença de plantas daninhas, através de uma boa dessecação pré-plantio, estamos dando à cultura uma vantagem competitiva.

Uma boa distribuição de sementes, fará com que a cultura feche as entrelinhas mais rápido, reduzindo a incidência de radiação solar, o que diminui a germinação de sementes fotoblásticas positivas.

Um plantio com espaçamento e densidade adequadas, na época correta, proporciona à cultura melhores condições de desenvolvimento e fechamento mais rápidos das entrelinhas, sombreando o solo.

Conclusão

A plantabilidade tem como objetivo garantir um estande uniforme, sem falhas de plantio e sem duplas no lançamento das sementes.

Uma boa distribuição das sementes vai proporcionar melhores condições de para a cultura, que aproveita melhor os recursos do meio, como água, luz e nutrientes.

Entre os fatores que melhoram estão a incidência de radiação solar sobre as plantas, a disponibilidade de nutrientes e água no solo e o auxílio no controle de plantas daninhas.

Com uma boa distribuição de sementes os recursos ficam bem distribuídos, o que proporciona melhor desenvolvimento para as plantas.

Gostou do texto? Tem mais dicas sobre plantabilidade? Adoraria ver o seu comentário abaixo!

Sobre a Autora: Ana Ligia Giraldeli. Engenheira Agrônoma formada na UFSCar. Mestra em Agricultura e Ambiente (UFSCar), Doutora em Fitotecnia (USP) e especialista em Agronegócios. Atualmente Professora da Colaboradora na UEL.

Para ter acesso a diversos conteúdos da Conecta Sementes, clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *